Estamos bem, de Laura LaCour

16 de dezembro de 2017
SINOPSE: Marin deixou tudo para trás. A casa de seu avô, o sol da Califórnia, o corpo de Mabel e o último verão agora são fantasmas que ela não quer revisitar. O retrato de uma história em que já não se reconhece mais. Ninguém nunca soube o motivo de sua partida. Nada se sabe sobre a verdade devastadora que destruiu sua vida. 
Agora, ela vive em um alojamento vazio e está sozinha no inverno de Nova York. Marin está à espera da visita de sua melhor amiga e do inevitável confronto com o passado. As palavras que nunca foram ditas finalmente se farão presentes para tirá-la das profundezas de sua solidão.


Um livro se torna favorito, na maioria das vezes, a partir do momento que nos identificamos com a história ou apenas com um personagem. E "estamos bem" agora está na listinha de favoritos porque isso aconteceu comigo. Não, não estou na mesma situação da protagonista, mas a autora expôs tudo de um jeito tão simples e verdadeiro, que me pegou em cheio e me senti representada. Senti como se eu tivesse lendo meus pensamentos e fiquei até aliviada. Às vezes nós só precisamos ler algum texto que descreva o momento que estamos passando, como se mais alguém, por mais ficcional que seja, nos entenda.

Marin convive com seu avô desde tenra idade quando perdeu a mãe. O relacionamento deles é confortável e depois de tantos anos já adquiririam suas manias, já se conhecem o bastante. Ou acham que se conhecem, porque a seguir tudo vira uma bola de incertezas na vida da Marin.

Os capítulos são picotados, ou seja, temos duas perspectivas sobre a história: antes do desaparecimento do seu avô, onde a Marin conta sobre sua relação com ele, a casualidade que tinham, a privacidade respeitada de ambos. Os dias de poker do avô com os amigos dele e sobre a habilidade dele na cozinha. E também sobre a amizade dela com Mabel, que se torna especial e fragilizada ao decorrer da história; e depois do desaparecimento, sobre os segredos que ele guardava, como ele se tornou desconhecido para ela de uma forma que era assustador sentir saudades de uma pessoa que ela não conhecia.

Então, após o desaparecimento do avô, Marin se depara com segredos dele que mudam completamente a visão que ela tinha sobre ele. E é nesse momento que ele se torna desconhecido para ela, colocando em dúvida todo o carinho, amor e cumplicidade que eles sempre tiveram. Confusa e com medo, ela foge para um hotel - e em breve vai para o alojamento da faculdade - e corta contato com todos os conhecimentos, evitando falar sobre as coisas que aconteceram, pois nem ela estava entendendo.

Apesar da protagonista ser a Marin, a história do avô também é muito tocante. O livro não tem capítulos narrados por ele, mas quando Marin começa a revelar o que descobriu sobre o avô, não consegui ter raiva dele ou ficar chateada, ao invés disso, criei empatia e pensei muito sobre as suas razões para ter feito o que fez. *suspense* . É transparente que ele se esforçava para dar carinho e atenção para a sobrinha, e pensei muito sobre a dor que ele manteve latente por tanto tempo.
  
Nisso, Marin começa a passar por um momento de readaptação, com novas pessoas e em um novo lugar, com a saudade de como a vida era antes, e da paz que sentia quando não sabia das coisas que sabe agora.

Depois de quatro meses ela recebe a primeira visita de alguém da antiga vida: Mabel. Ela vai passar três dias no alojamento, tempo suficiente para trazer todas as lembranças e sentimentos a tona, trazendo mais reflexão para Marin. A relação delas está por um fio e é triste ver como elas eram e como estão agora, são conversas tímidas e ponderadas, mas ainda há muito amor. Além da amizade, nós descobrimos também que há romance entre elas. Mostra que, por mais que uma relação - seja de amizade ou romance - seja intensa, o silêncio colocado de uma forma dolorosa torna tudo frágil

Uma das partes que chamou a minha atenção foram as reações da Marin diante das situações. Quando ela vai fazer alguma coisa - afazeres de casa ou lazer - a sua atenção é totalmente depositada naquilo e acontece aquela narração minuciosa sobre o que ela está fazendo, mas depois de um tempo a gente entende que isso tem a ver com a personagem, porque ela tenta fugir da confusão da mente então qualquer oportunidade que ela encontra para desviar a atenção, assim ela faz.

Confesso que fiquei surpreendida, de verdade, com o final. Me fez ter mais certeza que, quando queremos, sempre tem um jeito de ajudar a outra pessoa ficar feliz A autora criou um final emotivo e acho que era o que Marin estava precisando depois de tanto tempo sozinha, uma nova chance.

Estamos bem é sobre solidão, luto, amizade e como algo pode nos mudar completamente por dentro, também é sobre quão conhecermos uma pessoa - mesmo aquelas que moram conosco. Talvez se você estiver bem consigo e tudo ao seu redor, vá achar a história rápida e pouco explorada, entretanto acho que temos que ler com o coração aberto e dispostos a entender a dor da protagonista.

29 comentários:

  1. Nossa, me parece ser uma história linda! E depois de tudo o que você descreveu, se nós pegarmos o livro enquanto estivermos passando por alguma situação mais complicada na vida, podemos mesmo nos sentir mais atraídos ainda pela trama. Adorei sua resenha!

    Um beijo, Pri 😘

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  2. Eu já quero esse livro para mim. Fiquei mega curiosa pela intensidade narrada na sua resenha. Gosto de livros que nos contam fatos vividos por nós e que nos fazem refletir, nos fazem ver as coisas por outra perspectiva. Adorei a indicação.

    Beijos,
    Thalita Sousa

    https://capituloquinzee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já quero de cara esse livro Karoline, parece ser uma ótima pedida e ainda uma história bem envolvente, forte e revelador, as vezes as palavras fazem tamanha importancia e mudança na vida de cada um.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Achei a capa desse livro muito, muito linda!! A história parece ser realmente muito tocante e envolvente, já vou colocar em minha lista! Fiquei feliz por essa história ter se tornado tão especial em sua vida. =)
    Obrigada por compartilhar essa dica!

    ResponderExcluir
  5. A algum tempo atrás eu vi a resenha deste livro e me encantei com tudo o que descobri sobre a obra, com essa sua eu reforço que eu preciso ler Estamos bem.
    Fiquei curiosa com o *suspense* em relação ao avô de Marin, gosto muito da ideia da mensagem que você mencionou que o livro passa, finais emotivos sempre me deixam com gostinho de quero mais.
    Adorei saber que o livro te agradou, espero ler em breve.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Karol, tudo bem?
    Que resenha riquíssima adorei, adoro esse drama que envolve a narração, pois não esperamos o que vai acontecer, estou muito feliz por você me apresentar essa leitura, fiquei encantada! Anotada a dica e parabéns, bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Estou com esse livro pra ler, mas ainda não peguei para leitura. Já tinha lido uma resenha e me encantado. Acho que é forte e traz temas envolventes e emocionantes. Além de mesclar uma pitadinha de suspense.
    Espero conseguir ler ainda no início de 2018.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Que bacana que esse livro entrou na sua lista de favoritos. Eu ganhei ele de presente de uma amiga e estou bem ansiosa para fazer a leitura, pois curto a premissa e acho que a Marin vai me ensinar bastante.
    Senti meu coração um pouquinho apertado lendo sua resenha, mas fiquei ainda mais curiosa. Será que esse final vai me agradar também?
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oiie
    Parece ser um livro maravilhosoo, eu estou louca pra ler desde que lançou, infelizmente ainda não pude comprar. Eu adorei sua resenha, só me fez ter mais vontade de ler.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Acho essa capa tão bonita, rs. Bem, estou vendo os leitores falarem super bem deste livro ultimamente, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo. Adorei tua resenha e minha curiosidade só aumentou!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  11. Não tinha lido resenha dele ainda e fiquei encantada pela história. Quero ler também!!!! Adorei a capa também, só para constar.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom? A capa desse livro é um tiro, neh? Já compraria só por essa capa linda. Já li outras resenhas sobre a obra, e diferente da sua resenha, o pessoal não gostou tanto assim. Que bom que o livro tenha te agradado... Concordo com você, quando encontramos um personagem com o qual nos identificamos, mesmo que a história não seja lá essas coisas, ele ganha um cantinho no nosso coração. Um beijo. Até a próxima!!!

    ResponderExcluir
  13. Eu já estava curiosa com esse livro, mas agora eu estou ainda mais. Adorei poder conferir a tua opinião sobre ele e poder conhecer um pouquinho mais da obra. Parece ser uma leitura que vai me agradar muito quando eu for ler.

    ResponderExcluir
  14. Olá...

    Sempre vejo ótimos comentários sobre essa obra. Quero muito conferir também. Adorei sua resenha, parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Gosto muito de livros que tratam de temas como o luto e sua superação de forma tão aberta e clara. O livro me chamou mais atenção pela capa, mas agora sabendo da história, não vejo a hora de mergulhar na leitura.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Tenho visto várias resenhas sobre esse livro e percebi que ele é daqueles 8 ou 80, ou você ama ou detesta. Só isso, já me deixa curiosa para ler e tirar minhas próprias conclusões.
    Além disso, gostei de saber que a autora consegue passar tanta verdade, que você conseguiu se conectar com a personagem mesmo não vivendo uma situação semelhante. Amo livros que conseguem despertar essa empatia.
    Adorei ler sua resenha e espero poder conferir esse livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Não o conhecia, mas achei uma premissa muito bonita. Essa capa é muito amor, vou colocar na minha lista de leituras do ano que está chegando. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  18. Quero muito esse livro. Essa capa me atrai, assim como o título. Lendo sua resenha, vejo que a narrativa tem tudo para me conquistar. A temática é tocante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. parece ser uma hq interessante, curti o traço dela, que passa uma sensação de solidão e existencialismo... o enredo parece bacana tb... legal que vc se identificou com a leitura...
    bjs...

    ResponderExcluir
  20. Sou apaixonada por esta capa rs..
    Que história maravilhosa, fiquei apaixonada pela sua resenha.
    Fiquei extremamente curiosa, vou colocar na minha lista de compra já.
    Alguns histórias se tornam especiais na nossa vida, fico feliz que está tenha se tornado na sua. Espero ter a mesma sensação.


    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Acho que eu me interessaria mais pela história se fosse apenas um ponto de vista, não curto livros com vários pontos de vista, geralmente não me agradam. Gostei da capa!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  22. Uau, que história incrível! Estou curiosa para saber os segredos do avô da Marin, parece ser uma história bem interessante e envolvente. Essa edição está muito linda e espero conferir essa história um dia, bjss!

    ResponderExcluir
  23. Olá,

    Li comentários falando bem, assim como li comentários falando mal sobre esse livro, mas sou o tipo de pessoa que prefere tirar as próprias conclusões e por isso estou empolgada para fazer essa leitura, por acreditar que, assim como você, irei me identificar com a personagem ou a situação.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Essa capa é muito linda. Sou apaixonada! 😍
    Parece ser uma história muito emocionante, já estou de olho para adquirir.
    Amei a resenha. Beijos ❤

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Só leio comentários positivos sobre esse livro, e a cada um eu fico louca para conferir essa história que tem tudo para me deixar apaixonada e emocionada. Gosto de dramas envolventes, onde nos colocamos e sentimos tudo que o personagem está passando. Espero ler no próximo ano.

    beijos!
    blogdatahis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oiii
    Esse livro virou febre nos últimos meses desde o lançamento. Todo mundo elogiando super. Resolvi esperar passar essa euforia toda para ler. Amei a sua resenha, atiçou a minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Gosto dessas histórias onde segredos são revelados e fiquei bem curiosa sobre os segredos do avô de Marin, mas não sei se conseguirei ler tão cedo para descobrir.
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Esse livro parece ser incrível, o tipo de livro que também se tornaria meu favorito. Eu nunca havia ouvido falar nele, mas com certeza ele já está na minha lista para ler em 2018.

    xoxo
    Fora do Contexto

    ResponderExcluir
  29. Olá, tudo bem? Sua resenha só entra no coro que fala que esse livro é bom. Estou mega curiosa com ele, porém ainda não tive oportunidade de lê-lo. Os assuntos abordados são do meu interesse, então com certeza dica anotada <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir