O ano mudou mas você continua a mesma pessoa

7 de janeiro de 2018
foto: Tohm Brigitte

Em pleno dia 07/01 o "feliz ano novo" ainda vale? Porque... FELIZ ANO NOVO

Que eu me lembre, sempre tive comigo que o início do ano era um presente que o universo nos dava para reiniciar, de uma certa forma, a nossa vida; como se na manhã do dia primeiro de Janeiro nós fossemos abrir a porta e tivesse um saquinho com novas oportunidades, mudança de vida, coragem, e seja lá mais o que estivéssemos precisando.

Mas, isso mudou - se eu não me engane - em 2014, quando eu estive em um momento tão difícil da minha vida, e o meu "eu" estava necessitando tanto de uma mudança que não iria esperar o outro ano começar. Então, eu tive que fazer metas, planos e inventar o meu saquinho de oportunidades em um ano que já estava terminando. Na mente das outras pessoas todas as oportunidades já haviam passado, todas as forças já tinham sido usadas e elas só estavam esperando o ano novo começar para serem "reabastecidas". Enquanto isso, eu tinha achado o meu pote de forças. Lembro que, quando o outro ano começou, eu já estava em um processo de mudança, foi quando aprendi que não é o novo ano que traz as novidades, somos nós. Não importa o mês, a estação ou o tempo, podemos recomeçar e mudar quando quisermos. 

O que quero falar pra vocês é uma frase muuuito clichê: não adianta o ano mudar e você continuar a mesma pessoa. 

Não, isso não é uma acusação, mas você sabe que é a verdade. Você continua a mesma pessoa. Nos primeiros dias do ano, nós até sentimos as forças serem um pouco renovadas, brota uma vontade de fazer coisas novas e até mesmo ir atrás daquele sonho que guardamos na gaveta. Sentimos o horizonte expandindo, achamos soluções para os nossos problemas, mas acontece que logo essa animação vai embora, a rotina volta das férias e entra sem bater, o desânimo também vem. Não precisam muitos dias para os obstáculos começarem a aparecer, e a gente logo relembra porque não tínhamos conquistado o que queremos, e, na maioria das vezes, desistimos de novo e seguimos a rotina. Deixamos a vida nos levar. Seguimos o baile. Seguimos as opiniões dos familiares, dos chefes, dos textos tristes das redes sociais ou das revistas. Todo o ano a mesma coisa, a mesma história. E, de novo, deixamos para o ano que vem. 

O ano pode até recomeçar, mas se você continuar seguindo a mente dos outros e anulando as suas, vai continuar estagnado. Desculpa, mas é a verdade. Você vai continuar sem novidades, insatisfeito no mesmo emprego, no curso que só faz pra ser o melhor da família. Continuar indo nos mesmos lugares, fazendo laços com pessoas rasas, não fazendo novas lembranças. E assim, quando chegar no final de dois mil e dezoito, você terá aquela mesma sensação de vazio. 

Não é como se a nossa vida fosse mudar do dia para a noite, por isso deixo uma palavra, a palavra do ano: persista. Mesmo que a vida comece a apertar e os problemas comecem a aparecer em forma de um espiral infinito, persista nas suas metas pessoais. Se esforce naquilo que você ama, que você gosta, que te anima e que te muda. Coloca um pouco mais de tempero nessa vida, enche os pulmões de ar e cria coragem. Não deixa a vida te levar, leve a vida. Faça algo novo, cria uma lista de metas e faça de tudo para realizá-las, feche os ouvidos para pessoas negativas e torne sua mente mais forte. Invista em você, nos seus sonhos, na sua saúde, no seu lazer, você não estará sendo egoísta fazendo isso.

Então, quando chegar no final do ano, vai perceber que pode até ter sido difícil, mas a sensação de "eu tentei" é melhor do que "não fiz nada". ❤ 

Bora nos dar uma nova chance em 2018?

22 comentários:

  1. Isso que eu estava conversando com uma amiga. Tem pessoas que acham que a mudança do ano, é mudança de vida. Mas não é nada. A mudança nas nossas vidas irá acontecer, quando criarmos coragem, para ir fazê-las.
    Eu realmente irei tentar muito pra que tudo que eu queira eu possa conseguir.
    Que esse ano possa ser um bom ano pra todos nós ♡
    https://noitecer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Que texto! <3 Adorei. Eu mesma já fui e às vezes ainda sou do tipo que espera um novo ano começar para seguir suas metas e sonhos, mas sempre bom lembrar que o recomeço só depende de nós e podemos fazê-lo em qualquer época do ano.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Eu me apaixonei completamente pelo seu texto, só li verdades. Quando estamos em um ano novo, pensamos que podemos começar tudo do zero, mas não é, a vida continua da mesma forma, pelo menos é isso que acontece na minha. Que você tenha um ótimo ano.

    Beijinhos,
    http://livroseimaginacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que texto mais maravilhoso!!!Da vontade de imprimir e colar na parede. Acredito muito no que disse e acho que mudança parte de nós aos poucos, não tem começar do zero e achar que tudo será diferente daqui pra frente. Coisas tem que ser construídas e desconstruídas. E parar de lutar não é a solução diante dos problemas neh, temos que persistir principalmente diante das dificuldades.
    bju

    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. otima reflexão, o ano vai ser maravilhoso, mas depende unicamente de nós
    tbm acho que é sempre uma chance de um recomeço e sempre faço o que posso pra ser diferente e melhor

    ResponderExcluir
  6. Oi karol <3
    Feliz ano novo!

    Iniciei o ano com o mesmo pensamento.
    afinal o que precisa ser novo? O ano ou a gente? rs
    Achei seu texto bem reflexivo e verdadeiro. Tudo só depende de nós <3

    Grande beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  7. Olá, muito bom seu texto. Super concordo, não é só o número do ano que tem que mudar, nós também precisamos fazer as mudanças que queremos.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o seu texto.
    Concordo que a mudança de ano não nos muda automaticamente, mas confesso que a cada virada eu sinto minhas energias renovadas, preparada para enfrentar as próximas turbulências.

    ResponderExcluir
  9. Oiie, tudo bom?? ótimo texto de reflexão, adorei parábens. Não é porque o ano mudou que temos que mudar, temos que ser sempre nós mesmo e fazermos coisas que nos agraa. Bjs ^^

    ResponderExcluir
  10. Adorei, e você tem toda razão. O ano muda e na verdade temos que tentar melhorar aquilo que não nos faz bem, não mudar por completo.

    ResponderExcluir
  11. Que mensagem linda, nos faz refletir muito! Não podemos mesmo desistir de algo só porque alguma coisa deu errado. E um feliz 2018 pra você também!

    Um beijo, Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  12. Adorei sua mensagem e concordo que não podemos desistir nunca, até porque tudo depende de cada um de nós.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  13. Oi, Karol, tudo bem? Concordo bastante com o seu texto. Gostei da sua analogia ao saquinho de oportunidades. Confesso que eu não sou muito animada com essa coisa de "feliz ano novo". Eu passei muito tempo sem sentir alegria, mas, no final de 2017, as coisas ruins diminuíram em mim e, finalmente, voltei a enxergar a vida com amor. Como alguém neuroatípica, eu tenho ressalvar com esses discursos de "as oportunidades só dependem de você" ou "não pare de tentar", porque, pessoalmente, me violentam bastante.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Foi bom ler esse texto, é uma ótima reflexão sobre as escolhas que fazemos para nós mesmos. Gostei bastante do post, você escreve bem. Boa sorte com o blog!

    Portal GATILHO
    https://portalgatilho.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Adorei o seu texto, foi uma ótimo oportunidade de ler um texto bem reflexivo e que eu não esperava ler. Gostei da sua mensagem e não podemos desistir nunca!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Gostei muito do texto, e concordo com você, o ano é só um número, afinal.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. bem verdade, por isso sigo a filosofia' de ser grata ao que já tenho e buscar coisas que me mantenham renovada, sempre em movimento...e ando trabalhando a questão de deixar pra trás aquilo que já não me agrada...
    bjs...

    ResponderExcluir
  18. Concordo totalmente, não é o ano que precisa mudar e sim, nós. Nossas atitudes para com outras pessoas e se temos sonhos, devemos correr atrás e realmente persistir. Adorei o post, foi bem reflexivo. Bjss!

    ResponderExcluir
  19. Amei sua postagem e concordo. É só mais uma data comercial. Aceite sociedade! E se o ano vai ser bom ou ruim depende muito da gente e de situações que estão tão fora do nosso controle. Só podemos entregar a Deus. Metas para melhorar, em qualquer aspecto da vida, deve ser feita sempre. Um beijo.

    ResponderExcluir
  20. Olá, adorei o texto...e você tem toda a razão, quam faz o ano ser bom ou ruim somos nós, nossas escolhas e ações.

    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Eu sempre tive em mente que é a gente que tem que mudar. Somos nós que temos que buscar novas aventuras, novos desafios. A mudando pode chegar em qualquer mês do ano.

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oiii!

    Muito bacana seu post!!! Eu concordo com você, não adianta nadinha esperar o ano fazer as coisas se nós não mudarmos internamente.
    Gostei muito do post! Se seu ano seja cheios de lutas e muito mais vitórias <3

    Beijinhos

    ResponderExcluir